magnify
Home Torneios Internos Sairo Mallet conquista I Memorial André Sartori
formats

Sairo Mallet conquista I Memorial André Sartori

O nosso Circuito Clássico FEXERJ 2017 segue proporcionando torneios emocionantes e decididos na última rodada!

Depois de perder um ponto na segunda rodada, Sairo Mallet (CMUN) venceu nas três rodadas seguintes e chegou à sexta rodada precisando derrotar o líder Léo Ramos Simões (ALEX), que tinha 100% de aproveitamento até então!

Jogando de brancas, Sairo lutou firme e viu seu adversário abandonar após 49 lances, sagrando-se assim o Grande Campeão do torneio! O Vice-Campeão Léo Simões ficou também com o título de Melhor Alexano.

Léo Simões e Sairo Mallet iniciam a batalha que decidiria o campeão do torneio!

José Carlos Mesquita (ALEX), com 4 pontos, ficou com a Terceira Colocação Geral.

José Carlos Mesquita livrou-se enfim da sina de ser eterno quarto colocado!

Carlos Rolim (ALEX), também com 4 pontos porém pior desempate, ficou com os títulos de Melhor Veterano e Melhor Classe B.

Carlos Rolim voltou à ativa depois de cuidar da saúde e mostrou sua velha forma!

Nosso mascote Ian Telek, com 3 pontos, ficou com os títulos de Melhor Classe C e Melhor Jovem.

O torneio foi peça-chave para a preparação de Ian para o Mundial de Cadetes.

O torneio contou com um bom número de jogadores, muitos deles já com presença confirmada para a próxima edição.

Alexanos em família: Juarez Lima e Alexandre Lima se enfrentam. Alexandre foi também o árbitro principal do evento.

 

O visitante José Carlos Cruz (ADUX) vem marcando presença nos últimos torneios do Circuito Clássico.

 

Sérgio Murilo (ALEX) teve de abandonar o torneio por motivos pessoais, mas não sem antes dar trabalho para o sempre combativo Antonio Piñon (ALEX).

 

Ao fundo, Luiz Sérgio Tiomno (ALEX) enfrenta Carlos Rolim (ALEX). Em primeiro plano, Guilherme von Calmbach (ALEX) encara Carlos Henrique da Costa (ALEX).

 

Ao fundo, Alexandre Lima (ALEX) enfrenta Emmanuel Pereira (ALEX). Em primeiro plano, David Rabello (HSCER) joga contra Bernardo Araújo (ALEX).

 

O torneio foi dirigido pelo AD Pedro Faraco e arbitrado pelo AI Alexandre Lima. O resultado completo, com todas as partidas para download, está no Chess Results. As partidas também podem ser visualizadas no Chess Microbase.

Sobre o homenageado

André Sartori foi uma grande promessa do xadrez carioca, morto em setembro de 1993, aos 13 anos, em consequência das queimaduras sofridas no famoso incêndio de um ônibus da linha 233 (Rodoviária-Barra), ocorrido em 31 de julho daquele ano.

Para nós alexanos, André representa um símbolo da paixão juvenil pelo xadrez e o alerta de que é necessário investir constantemente nas bases de modo a manter a Arte de Caíssa viva para as próximas gerações.

Churrasco de confraternização da ALEX do ano de 1992, com a presença do saudoso menino André Sartori, que aparece agachado, de camisa verde.

Em homenagem a este pequeno herói alexano, nosso clube realizou o I Memorial André Sartori.


 

4 Respostas

  1. Guilherme

    Solicito inscrição.
    Grato

  2. Caríssimo

    Solicito minha inscrição neste memorial.

    Grato

    José Carlos A Cruz