magnify
Home Destaque Marcelo Einhorn foi o grande campeão do Trovão de agosto!
formats

Marcelo Einhorn foi o grande campeão do Trovão de agosto!

Marcelo Einhorn foi o grande vencedor da 8ª etapa do torneio Trovão com 6,5 pontos em 7 possíveis. Num torneio com plantel inicial de 18 jogadores, ele não deu chances aos demais adversários, ganhando com uma rodada de antecedência, cedendo apenas um empate na última rodada para o MF Carlos Fontes.

Na segunda colocação ficou o MF Alberto Mascarenhas com 5,5 pontos, seguido pelo MF Carlos Fontes com 5 pontos e melhor critério de sobre Elias Bandeira, que ficou na 4ª colocação. Destaque para o esforçado Daniel Faria, que ficou na 6ª colocação com 4 pontos num torneio em que superou as próprias expectativas!

A presença do presidente da FEXERJ, Luiz Antônio Bardaró Manzi, foi celebrada entre os enxadristas presentes. Em breve teremos novidades no circuito trovão, aguardem!!

Confira a reportagem fotográfica do torneio na sequência abaixo!

Foto 1: Marcelo Einhorn venceu o trovão de maneira incontestável, demonstrando bastante concentração em todas as partidas.

Foto 2: um elegante Luiz Alberto da Luz compareceu para uma “pugna” enxadrística contra o presidente da FEXERJ (1ª rodada).

Marcos Piñon

Foto 3: o sempre presente Marcos Piñon não foi tão bem nesta etapa do circuito trovão, mas manteve a costumeira cordialidade ao enfrentar um dos associados mais recentes (Vítor Sanches).

Boca Livre

Foto 4: o tradicional lanche “boca livre” foi servido após a primeira rodada, agradando aos enxadristas presentes.

Foto 5: pela segunda rodada, dois estreantes em torneios da ALEX jogaram na mesa 8 – Vítor Sanches (de brancas) contra Daniel Catunda Jr.

Foto 6: Sérgio Murilo conquistou importante vitória sobre o MF Carlos Fontes na 2ª rodada.

Foto 7: à esquerda da foto, é possível ver o entusiasmado jogador de blitz Tadeu Santos, que veio prestigiar o torneio e teve pela frente o experiente José Mesquita. Também podem ser vistas as partidas entre Daniel Faria e Marcos Piñon (mesa 6 – ao lado) e ao fundo Sérgio Murilo enfrentou o MF Mascarenhas, na mesa 2.

Foto 8: Guilherme Von Calmbach foi um dos únicos presentes que disputou tanto o torneio interno quanto o rápido e o trovão deste mês!

Foto 9: o boa praça Daniel Faria fez pose para a foto em sua partida contra Elias Bandeira. Ao lado, Marcos Piñon enfrentou Daniel Catunda Jr. (camisa verde).

Foto 10: à esquerda da foto, Sidney Loyola (do NXN), que vem praticando bastante nos torneios da ALEX, mas não escapou do campeão! Ao lado, Manzi vs. Piñon.

Foto 11: conduzindo as brancas, Calmbach enfrentou Elias Bandeira, em partida que foi observada de perto por Daniel Cunha. Ao fundo, André Kemper enfrentou de pretas o MF Alberto Mascarenhas.

Foto 12: como já era esperado, o confronto entre o MF Carlos Fontes e o MF Alberto Mascarenhas se repetiu. Tablas!

Foto 13: à esquerda da foto, Tadeu Santos vs. Sidney Loyola. Ao lado, Elias Bandeira vs. José Mesquita; ao fundo Daniel Catunda Jr. vs. MF Alberto Mascarenhas.

Foto 14: após ser derrotado, Vítor Sanches cumprimenta Daniel Faria enquanto Lucas Lucena observa. Apesar do revés, Vítor Sanches seria contemplado com um bom livro de finais do Euwe ao fim do torneio!

Foto 15: à esquerda, Daniel Cunha vs. Calmbach. À direita, Daniel Catunda Jr. vs. Lucas Lucena. Ao fundo, é possível observar Manzi vs. Sidney Loyola e Bandeira vs. Kemper.

Foto 16: Elias Bandeira jogou bem, mas não teve chances contra o MF Alberto Mascarenhas.

Foto 17: José Mesquita vs. Vítor Sanches em primeiro plano. Ao lado, Lucas Lucena (encoberto por Mesquita) vs. Daniel Cunha. Ao fundo é possível observar o jogador Sérgio Murilo.

Foto 18: à esquerda, Loyola vs. Piñon. À direita, Kemper jogou de pretas contra Mesquita. Ao fundo, Tadeu Santos enfrentou o MF Carlos Fontes.

Foto 19: a foto histórica do trovão de agosto! Parabéns a todos os participantes!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma resposta

  1. Daniel Faria

    Só relembrar que Sérgio estava a alguns lances de ganhar do campeão mas fez um lance irregular. Iria para 5 pontos com chances de título. Mas Marcelo jogou muito mesmo.