magnify
Home Biblioteca Dijalma Caiafa Nova doação de livros e revistas movimenta a ALEX!
formats

Nova doação de livros e revistas movimenta a ALEX!

Pessoal,

Registramos e agradecemos a doação de livros, revistas, fotos, troféus e recortes de xadrez pertencentes ao Coronel Hindemburgo Coelho de Araújo, falecido há cerca três meses na idade de 96 anos, e que muito se dedicou ao longo da vida à sua paixão por xadrez e às forças armadas do Brasil.

Para quem não sabe, o Coronel Hindemburgo, além de diretor de xadrez do Clube Militar do RJ por longo tempo,  foi um apaixonado por xadrez e inclusive defendeu as Forças Armadas brasileiras em match com a co-irmã argentina, tendo vencido histórico encontro em Buenos Aires (no tradicional clube Círculo Militar)  em julho de 1958!

Ver foto aqui!  O major (á época) Hindemburgo jogando de brancas contra um oficial argentino.  Ambos fardados!

Ele também chegou a ser finalista de um Campeonato Brasileiro Absoluto (de julho de 1959, em São Paulo, vencido por Olício Gadia) representando as forças armadas, onde obteve a 11a. posição dentre 15 participantes. Tal feito é de poucos! Ver detalhes no excelente livro do jornalista Waldemar Costa, “Epopeia do Campeonato Brasileiro de Xadrez (1927-2008)”, páginas 92 a 95, sendo que o Coronel Hindemburgo aparece em foto no topo da pagina 93 (segundo da esquerda para a direita, na fila ao fundo de três partidas desta final citada).

O legado de livros e revistas doados por sua família já foi analisado pela diretoria da ALEX, que selecionou alguns livros para a Biblioteca Dijalma Caiafa e destinou outra parte para o nosso já tradicional Feirão da ALEX.  Aproveitem!  Há obras raras e excelentes, a maioria em espanhol!  Muitos livros e revistas da tradicional Editorial Sopena (Argentina).

Agradecemos imensamente o gesto de doação de sua família, relatado nesta postagem, e citamos que prestaremos uma pequena homenagem ao Coronel Hindemburgo em futuro torneio memorial que realizaremos na ALEX.

E as coincidências da vida…. Dentre as fotos históricas que recebemos nesse legado, há uma de um torneio relâmpago (ROCK) do Clube Militar RJ, de 29 de agosto de 1964, onde o Coronel Hindemburgo aparece bem à direita sentado, com nosso também saudoso Alexano Dijalma Caiafa em pé (de óculos) logo atrás dele!  O veterano Maurício Horta também pude identificar (é o terceiro sentado, da direita para a esquerda). Quem poderia imaginar que a paixão e amizade de ambos estaria registrada cerca de 54 anos após na biblioteca Dijalma Caiafa da ALEX!

Ver a foto aqui!

E mais um incrível registro histórico do xadrez fluminense…. Uma foto raríssima da abertura do Campeonato Interclubes do RJ, no Club Municipal, de 19/07/1950!  O Coronel Hindemburgo aparece em pé à direita e, salvo erro meu, identifiquei o enxadrista cearense e cajuti Adail Catunda Gondim em pé à esquerda!  Todos jogando de terno!!

Ver a foto aqui!

E sua última imagem, já próximo de partir….

O sorriso diz tudo!! Valeu muito a pena ter existido!!

Nada acontece por acaso!

O Xadrez une as pessoas!!

MF Alberto Mascarenhas

 

 

8 Respostas

  1. Emmanuel

    Muito bom Mascarenhas. Texto resgatando a história do xadrez carioca, que termina por eternizar um enxadrista pouco conhecido. Ótimas fotos, que registram a imagem do coronel Hindemburgo e do nosso saudoso Caiafa.

  2. Marta Araujo

    Caro Sr Alberto,
    Para mim não resta dúvida que encontrá-lo foi uma coisa divina! A biblioteca e demais pertences de papai relacionados ao Xadrez não poderiam ter ficado em melhores mãos!
    Agradecemos o seu carinho e desejamos que os itens doados sejam bastante proveitosos a todos da sua associação.
    Lá onde está, Papai ficou feliz com a sua homenagem, tenho certeza!
    Um forte abraço,
    Marta

  3. Gabriel Mello De Araujo

    Eu, como neto, agradeço demais a homenagem. Espero de coração que meu avô continue vivo na memória de tantas pessoas, familiares e (inúmeros) amigos, e que o Xadrez se perpetue como instrumento de união. Vovô viveu o xadrez durante muito tempo. Que ele permaneça vivo através das peças e tabuleiros.

  4. Marta Araujo

    Caro Sr Alberto,
    Suas palavras nos emocionam… Tenha certeza que alegrou a nós e também a Papai, onde estiver!
    Encontrá-lo foi algo divino! A cada dia fico mais convencida de que o material que Papai deixou relacionado ao seu querido Xadrez, não poderia ter ficado em melhores mãos!
    Mais uma vez, agradecemos o carinho e a atenção que nos dedicou.
    Um forte abraço!
    Marta

  5. Ana Carolina Coelho

    Sou sobrinha do Coronel, tio Hindemburgo . Fico feliz e emocionada pelo gesto de Nossa prima e a homenagem dos responsáveis pelo famoso clube de xadrez . Meu pai irmão de Hindemburgo , hoje com 89 anos Tb foi ou melhor é um grande jogador de xadrez . Pelo visto uma arte que aproxima da sabedoria e longevidade . Agradeço a valorização.

  6. NICOLAS MENDONCA COELHO DE ARAUJO

    Um tio querido que me levou aos caminhos do xadrez. Excelente matéria.

  7. Gisela Mello de Araujo Guerra

    Obrigada pela linda homenagem Sr.Alberto! Sou a neta mais velha do coronel Hindemburgo. Tenho certeza que suas palavras o emocionariam tanto quanto me emocionaram! Me fez lembrar daquele avô que, quando eu era criança, tinha em seu escritório um tabuleiro de xadrez e me falava quanto o xadrez estimulava o nosso raciocínio e concentração, enquanto eu queria brincar com as peças do tabuleiro! Fico feliz que todo esse material esteja em tão boas mãos e estimule ainda mais às pessoas ao estudo do xadrez!

  8. RUY JOSÉ FURST GONCALVES

    Parabéns ao Coronel pelo amor ao Xadrez e aos livros, á família pela doação, e à ALEX pela sensibilidade.