magnify
Home Fatos & Fotos Veja os vencedores do Torneio Interno da Primavera 2014!
formats

Veja os vencedores do Torneio Interno da Primavera 2014!

Leia o regulamento!
Veja o álbum de fotos!
Todos os detalhes no Chess Results!
Veja o relatório para a FEXERJ!

A cerimônia de entrega dos prêmios será no Trovão do Horário de Verão!

A rotina dos torneios internos da ALEX previa a entrega do prêmio ao Campeão logo após o término da última rodada.

O problema que sempre ocorria é que a casa já estava esvaziada nessa hora! Então, vamos inovar!

Tanto o prêmio, o livro “A Abertura na Prática“, dedicado e autografado pelo autor Flávio Patrício Doro, como os mini troféus diploma, destinados aos demais colocados e aos campeões de classe, idade e gênero, serão entregues na próxima terça feira, dia 28 de outubro, durante a realização do Trovão do Horário de Verão, um torneio Blitz amistoso que será realizado especialmente para abrilhantar a cerimônia de premiação.

Maiores informações em breve no site do clube!

Não deixe de participar!

Conheça os homenageados e vencedores do Torneio Interno da Primavera!

N mesa 6, Marcela Dias enfrentando Carlos Fontes, ambos da ALEX

Marcela Dias, vista aqui enfrentando o Mestre Fide Carlos Fontes, receberá a Menção Honrosa Feminina. Mesmo não podendo jogar as duas últimas rodadas, devido a imprevistos em seu trabalho, Marcela merece a homenagem por sua disposição em quebrar barreiras culturais e de gênero, sempre presente para jogar um bom Xadrez!

Na mesa 9, Fortunato Garcia (Associação Atlética Banco do Brasil) enfrentando Marcos Dias (ALEX)

Fortunato Garcia, visto aqui enfrentando Marcos Diaz receberá o mini troféu diploma de Campeão de 80 ou Mais Anos do Torneio Interno da Primavera!

Juarez Lima

Juarez Lima receberá o mini troféu diploma de Campeão Sênior Jovem do Torneio Interno da Primavera, dedicado ao melhor classificado no torneio dentre os que possuem mais de 60 e menos que 80 anos de idade!

Henrique Mangini e Luiz Alberto da Luz se esforçando em suas partidas

Luiz Alberto da Luz, visto aqui se esforçando em sua partida ao lado de Henrique Mangini, receberá o mini troféu diploma de Campeão da Classe “C” do Torneio Interno da Primavera!

António Pinheiro

António Pinheiro, bravo defensor das cores de Angola nas 64 casas, receberá o mini troféu diploma de Campeão da Classe “B” do Torneio Interno da Primavera!

Sérgio Murilo

O hexacampeão Sérgio Murilo receberá o mini troféu diploma de Terceiro Lugar do Torneio Interno da Primavera!

Kemper, Juarez Lima e Sérgio Murilo posam para a posteridade em foto típica. À frente, Werner se aplica contra outro brasileiro.

André Kemper, que aparece aqui ao lado de Juarez Lima e de Sérgio Murilo durante visita ao recente Torneio Internacional de Títulos sediado na ALEX, receberá o mini troféu diploma de Vice Campeão do Torneio Interno da Primavera!

Alvaro Frota faz self distance com o Campeão Brasileiro 75 e 87 Carlos Eduardo Golveia

Alvaro Frota, que aparece aqui ao lado do Campeão Brasileiro 75 e 87 Carlos Eduardo Golveia, receberá o mini troféu diploma de Campeão do Torneio Interno da Primavera!

Resultados da quinta rodada

Foi jogada ontem à noite, na sede da ALEX, a quinta e última rodada do Torneio Interno da Primavera de 2014. Os resultados foram os seguintes:

Mesa   Nome Pts Resultados Pts Nome
1 3 Álvaro Frota 1  –  0 3 José Carlos Mesquita 4
2 5 André Kemper 3 1  –  0 3 José Luís Chauca 2
3 7 Juarez Lima 3 0  –  1 3 Sérgio Murilo 8
4 6 Marcelo Santos 2 1  –  0 3 Fernando Madeu 10
5 1 FM Carlos Fontes 2 –  –  + 2 Luiz Sérgio Tiomno 17
6 11 António Pinheiro 2 1  –  0 2 Jorge Silveira 12
7 9 Carlos Rolim 0  –  1 Marcos Diaz 14
8 13 Diógenes Labre 1 –  –  + Luiz Alberto da Luz 18
9 19 Fortunato Garcia ½  –  ½ 1 Irahy Carvalho 15
10 16 Marcela Dias ½ –  –  + 0 Henrique Mangini 20

 

Classificação Final

Com esses resultados, a classificação final ficou a seguinte:

Classificação Nome FED Clube Classe Sexo Idade Pts CD BT BM NV SB
1 Álvaro Frota BRA ALEX A 4,5 0 13,0 15,0 4 13,50
2 André Kemper BRA CMUN A 4,0 0 11,0 12,5 4 9,50
3 Sérgio Murilo BRA CRVG A 4,0 0 11,0 12,5 4 8,00
4 José Luís Chauca PER ALEX Mestre 3,0 0 14,5 16,0 2 8,25
5 Fernando Madeu BRA TTC A 3,0 0 13,0 15,5 3 9,50
6 Juarez Lima BRA CMUN A 60+ 3,0 0 13,0 15,5 2 8,50
7 Marcelo Santos BRA CRVG A 3,0 0 13,0 14,5 3 6,00
8 José Carlos Mesquita BRA ALEX A 3,0 0 12,5 14,0 2 7,25
9 António Pinheiro ANG ALEX B 3,0 0 10,5 12,0 3 6,00
10 Luiz Sérgio Tiomno BRA AABB B 60+ 3,0 0 9,5 10,0 3 4,00
11 Luiz Alberto da Luz BRA Sem Clube C 2,5 0 9,0 9,5 2 2,75
12 Marcos Diaz BRA ALEX B 2,5 0 8,0 9,5 2 3,75
13 Jorge Silveira BRA ALEX B 60+ 2,0 0 14,0 16,0 2 4,50
14 Carlos Fontes BRA ALEX MF 2,0 0 10,5 12,0 2 3,00
15 Fortunato Garcia BRA AABB C 80+ 2,0 0 7,5 8,5 1 2,75
16 Carlos Rolim BRA AABB A 80+ 1,5 0 12,5 14,0 1 3,00
17 Irahy Carvalho BRA CMUN B 80+ 1,5 0 11,0 11,5 1 1,25
18 Diógenes Labre BRA ALEX B 60+ 1,0 1 11,5 12,0 1 0,50
19 Henrique Mangini BRA TTC C 1,0 0 7,5 7,5 1 0,00
20 Marcela Dias BRA ALEX B F 0,5 0 10,0 11,5 0 1,25

 

Critérios de desempate:

CD = Confronto direto. Se dois enxadristas estão empatados na classificação, o confronto direto é o resultado da partida entre eles, se esta tiver ocorrido. No caso de mais de dois enxadristas estarem empatados, esse critério de desempate só vale se todos jogaram contra todos, sendo igual ao número de pontos que cada um somou no caso disso ter acontecido.

BM = Buchholz com corte do pior resultado: É a soma dos pontos dos adversários do enxadrista no torneio, com exceção daquele que obteve o pior resultado. Representa a oposição que o enxadrista teve que enfrentar e o corte do pior resultado visa eliminar elementos fortuitos tais como, por exemplo, o enxadrista ter enfrentado alguém que posteriormente abandonou o torneio.

BT = Buchholz total:  É a soma dos pontos dos adversários do enxadrista no torneio. Representa a oposição que o enxadrista teve que enfrentar.

V = Número de vitórias;

SB = Sonneborn-Berger: É a soma dos pontos dos adversários que o enxadrista venceu mais metade dos pontos dos adversários com os quais empatou, não sendo computado os pontos daqueles para os quais ele perdeu.

Desempenho dos participantes:

Nome Classificação Inicial Classificação Rating Rating Performance
Álvaro Frota 3 1 2035 2325
André Kemper 5 2 1996 2118
Sérgio Murilo 8 3 1954 2075
Fernando Madeu 10 5 1909 2062
José Carlos Mesquita 4 8 2004 2038
José Luís Chauca 2 4 2116 2012
Juarez Lima 7 6 1963 1995
Marcelo Santos 6 7 1989 1932
António Pinheiro 11 9 1775 1879
Carlos Fontes 1 14 2190 1802
Marcos Diaz 14 12 1674 1738
Jorge Silveira 12 13 1731 1730
Luiz Sérgio Tiomno 17 10 1631 1700
Marcela Dias 16 20 1647 1690
Carlos Rolim 9 16 1932 1676
Irahy Carvalho 15 17 1647 1595
Diógenes Labre 13 18 1713 1537
Luiz Alberto da Luz 18 11 1530 1515
Fortunato Garcia 19 15 1375 1503
Henrique Mangini 20 19 1347 830

 

Pode-se verificar o desempenho de um enxadrista em um torneio é comparando a classificação deste com a sua classificação inicial, aquela que é obtida pela ordem dos ratings. Enxadristas cuja classificação sejam mais alta que sua classificação inicial tiveram boa performance, aqueles cuja classificação seja mais baixa que a inicial tiveram má performance e os que possuem ambas as classificações na mesma faixa de valores tiveram a performance que seria de se esperar de seu rating.

Outra maneira é através do rating performance. Como o próprio nome sugere, este é o rating de um enxadrista que não ganharia nem perderia rating no torneio se tivesse tido o mesmo desempenho que o enxadrista em análise. Assim, se o rating performance do enxadrista é maior que seu rating, ele ganhará pontos de rating e o ganho será tão maior quanto maior for a diferença. A recíproca é verdadeira, de forma que o rating performance é uma medida de quão bem ou quão mal o enxadrista foi no torneio, em relação ao que seria de se esperar de seu rating.