magnify
Home Fatos & Fotos Veja a Reportagem Fotográfica do Torneio do Bolo de 2015!
formats

Veja a Reportagem Fotográfica do Torneio do Bolo de 2015!

Mais de cinquenta enxadristas se acotovelaram na sala da ALEX para jogarem ou assistirem ao Torneio do Bolo de 2015!

Um verdadeiro récorde de participação!

O Torneio do Bolo não é um evento competitivo. O que vale é a festa, o prazer de reencontrar os amigos e saciar a fome de jogar Blitz. Quem foi o Campeão ou o Vice não é o mais importante!

Vamos portanto às fotos da festa!

A muvuca foi tomando a sala da ALEX e dando vasão ao vício de jogar Blitz

A muvuca foi tomando a sala da ALEX e dando vasão ao vício de jogar Blitz

No corredor, mais viciados em Blitz!

No corredor, mais viciados em Blitz!

 

Antonio Elias (de camiseta branca) nunca viu tantas pessoas dentro da sala do Clube!

Antonio Elias (de camiseta branca) nunca viu tantas pessoas dentro da sala do Clube!

 

No corredor, antigos adversários se encontraram e dá-lhe jogar Blitz!

No corredor, antigos adversários se encontraram e dá-lhe jogar Blitz!

Flávio Quintela (de camisa azul) e Hilton Rios (de camisa vinho) verificam se está dando certo a inserção de tantos nomes de participantes no SuissManager.

Flávio Quintela (de camisa azul) e Hilton Rios (de camisa vinho) verificam se está dando certo a inserção de tantos nomes de participantes no SuissManager.

José Carlos Mesquita chega com sua melhor cara de mau enquanto Marco Diaz fala ao telefone. Ao fundo, Alexandre de Oliveira Lima conta para Estevão Soares como foi que ficou Campeão do Memorial Edward Troutaman.

José Carlos Mesquita chega com sua melhor cara de mau enquanto Marco Diaz fala ao telefone. Ao fundo, Alexandre de Oliveira Lima conta para Estevão Soares como foi que ficou Campeão do Memorial Edward Troutaman.

8 - Henrique Mangini chegando

Henrique Mangini também chega para a festa

9 - Álvaro Frota põe ordem na bagunça

Eram 42 participantes mas a ALEX só tem 17 mesas de Xadrez. Foi preciso que o presidente do clube, Álvaro Frota, subisse no palanque e pusesse ordem na bagunça explicando que os 34 primeiros emparceirados iniciaram suas partidas e os demais 8 aguardariam que partidas terrminassem para jogarem as suas nas mesas que se tornassem vazias.

10 - O torneio começa na sala

Aí tudo ficou mais fácil e o torneio começou na sala …

11 - O torneio começa no corredor

… e no no corredor também!

12 - Marcelo Einhorn abdicou de jogar

Marcelo Einhorn, de camiseta verde, abdicou de jogar para realizar a inserção dos resultados e emparceiramentos rodada a rodada. Mas não ficou triste por causa disso, como a foto comprova. Observando-o, vemos o talentoso jovem Gianluca Jório Almeida

13 - Antonio Elias decidindo a hora de servir o bolo

Antonio Elias, gigante na organização, decide que é chegada a hora de servir o bolo

14 - O pessoal só esperando o bolo

Ricardo Vilalba só esperando o bolo…

15 - Corre que o bolo chegou

Corre pessoal, que o bolo chegou!

16 - Nova rodada na sala

No intervalo, os participantes aguardam ansiosos o início de uma nova rodada na sala …

17 - Nova rodada no corredor

… e no corredor!

20 - Antonio Elias, Álvaro Frota e José Claide

A diretoria da ALEX presente: Antonio Elias (à esquerda) Tesoureiro, Álvaro Frota (ao centro) Presidente e José Claide (à direita) Vice Presidente

19 - Na sala

Mais uma rodada irá se iniciar na sala …

18 - No corredor

… e no corredor

22 - Estelito entrega o vinho à Daniel Rangel

Ao final, Estelito Rangel (de camisa amarela) entrega à Daniel Rangel (o rapaz bombadinhozinho) o Prêmio do Campeão: um péssimo vinho de excelente qualidade!

Tabela de Classificação Final

Class Nome Rating FED Clube Idade Classe Pts Res. BUC BUC Vict SB Performance
1 Daniel Rangel 2292 BRA CXRJ M 5,5 0,0 20,0 23,0 5 20,75 2380
2 Juarez Lima 1941 BRA ALEX S60 A 5,0 0,0 20,5 22,5 5 18,00 1986
3 Rafael Ventura dos Santos 2003 BRA CXRJ A 4,5 0,0 22,0 25,0 4 17,25 2139
4 Iago Henrique Souza 2083 BRA AFLUX A 4,5 0,0 20,0 22,5 4 16,75 2172
5 Estevão Luís Soares 2025 BRA TTC A 4,5 0,0 19,5 22,5 4 15,25 2039
6 Ali Khaje Hesamedini 2281 IRI TTC M 4,5 0,0 18,5 20,5 4 15,00 2221
7 Lucas Peixoto Guimarães 1966 BRA AFLUX U18 A 4,5 0,0 16,0 17,0 4 11,25 1873
8 Gianluca Jório Almeida 2004 BRA TTC U18 A 4,0 0,0 19,5 21,0 4 10,50 1935
9 Sérgio Murilo 2007 BRA ALEX A 4,0 0,0 17,5 19,5 4 12,50 1878
10 Marcos Lucian Pereira 1928 BRA CMUN A 4,0 0,0 16,5 17,5 4 8,50 1406
11 Marco de Castro Coutinho 1844 BRA AABB B 4,0 0,0 16,5 17,5 4 8,00 1413
12 Frederico Argolo 1944 BRA ALEX A 4,0 0,0 15,5 16,5 4 9,00 1576
13 Wagner Peixoto Guimarães 2229 BRA AFLUX M 3,5 0,0 18,5 21,0 3 10,75 1969
14 Cristiano Nogueira Porto 2285 BRA NXN M 3,5 0,0 18,0 21,0 3 11,75 2090
15 Ricardo Pereira Vilalba 1980 BRA CRVG U18 A 3,5 0,0 17,0 19,0 3 9,25 1753
16 André Kemper 1984 BRA TTC A 3,5 0,0 16,5 18,5 3 8,75 1948
17 Marcelo Santos Silva 2009 BRA FFC A 3,5 0,0 14,0 15,0 3 6,25 1577
18 Francesco Noseda 1955 ITA CXG A 3,0 0,0 22,0 23,5 3 9,50 1757
19 Wallace Fernandes Machado 2037 BRA TTC S60 3,0 0,0 18,5 20,5 3 8,00 1902
20 Adriano Neves 1453 BRA [CMUN] U18 C 3,0 0,0 17,5 19,0 3 6,50 1564
21 Estelito Rangel 1520 BRA ALEX C 3,0 0,0 17,0 19,0 3 7,00 1647
22 Antonio Marcos Piñón 1561 BRA ALEX C 3,0 0,0 16,0 17,5 3 7,00 1297
23 Marcos Diaz 1648 BRA CRVG S60 B 3,0 0,0 16,0 17,0 3 5,00 1269
24 Claide Teixeira Barros 1600 BRA ALEX B 3,0 0,0 15,5 17,0 3 5,00 995
25 José Carlos Mesquita 1983 BRA ALEX A 3,0 0,0 15,5 16,5 3 5,00 1164
26 Renato Werner 2125 BRA CMUN M 2,5 0,0 18,0 20,0 2 6,25 1912
27 Guilherme Von Calmbach 1633 BRA CMUN S60 B 2,5 0,0 17,5 18,5 2 4,75 1334
28 Leo Ramos Simões 1767 BRA ALEX 2,0 0,0 17,5 19,5 2 5,00 1907
29 Tarcísio Leite 1698 BRA CMUN B 2,0 0,0 17,0 18,5 1 5,00 1211
30 Carlos Alves Rolim 1934 BRA ALEX S60 A 2,0 0,0 16,0 18,0 2 6,00 1489
31 Rogério Pereira 10 BRA NF C 2,0 0,0 16,0 17,0 2 3,00 1210
32 Emmanuel Pereira 1601 BRA ALEX A 2,0 0,0 14,0 15,0 2 4,00 786
33 Rodolfo de Araujo 10 BRA ALEX C 2,0 0,0 13,5 15,0 0 3,25 1398
34 João Paulo Bento 10 ANG NF C 2,0 0,0 13,0 14,0 2 3,00 1298
35 Jose Henrique de Mello Mangini 1332 BRA TTC 2,0 0,0 12,0 13,0 2 2,50 737
36 Rafael Oliveira 10 BRA NF 2,0 0,0 11,5 12,5 1 2,00 1087
37 Felipe Valadão 10 BRA NF 2,0 0,0 10,5 11,5 2 2,50 1267
38 Oscar Weibull 1510 BRA ALEX 1,5 0,0 13,0 14,5 1 2,25 703
39 Altamir Neto 10 BRA NF 1,0 0,0 15,5 16,5 1 2,00 928
40 Christian Omre 10 NOR NF C 1,0 0,0 14,5 16,0 1 2,00 901
41 Rodrigo Alves Vieira 10 BRA ALEX C 1,0 0,0 14,5 15,5 1 1,00 925
42 Luiz Sérgio Tiomno 1641 BRA ALEX S60 B 0,0 0,0 9,5 10,5 0 0,00

aaa

 

6 Respostas

  1. Alberto Mascarenhas

    Muito bom mesmo!
    A ALEX vem se tornando um pólo enxadrístico cada vez mais expressivo em nossa cidade!

    E que venha o Torneio Blitz do Sorvetão e Rabanadas no dia 7/1 !! Nesse já estou inscrito!

    • Alvaro Frota

      É isso aí! Agora que o bom filho Mascarenhas à ALEX voltou, a irmandade vai bombar o Xadrez do Rio de Janeiro!

  2. WALLACE MACHADO

    Adorei, encantador o calor enxadrístico emanado por todos.
    Parabens, presidente e sua equipe!

    • Alvaro Frota

      Wallace, sua associação à ALEX é aguardada!

      Não estou falando de federação pela ALEX, o que é coisa diferente. Você continua federado pelo Tijuca Tênis Clube mas se associa ao empreendimento alexano em prol do Xadrez.

      Aquele abraço!

  3. Estellito

    Sensacional, apesar da “tradição” quebrada pelo fato do vencedor ter ganho um vinho chileno! Teve um ano que o vencedor ganhou um vinho engarrafado em Nova Iguaçú – este sim, um vinho adequado para o vencedor do Torneio do Bolo!

    • Alvaro Frota

      Olá Estellito!

      Detalhe da história pouco conhecido, o vinho chileno prêmio do Campeão Rangel é o mesmo vinho chileno que, tendo sido entreque ao Verdadeiro Campeão de 2014, Luiz Alberto da Luz, foi pelo mesmo esnobado e não levado, ficando para ser bebido depois, em data que foi esquecida, tendo ficado, dessa forma, guardado em armário climatizado a 37 graus durante praticamente um ano. Assim, de excelente vinho de excelente qualidade, após um ano nessas condições, o vinho chileno mutou de qualidade para excelente vinagre de excelente qualidade. Já outra questão é se o dragão notou que o fogo em suas entranhas estava mais forte do que o normal. Crei que não e nisso reside a graça da questão!

      Grande abraço!